Sapatos e Mulheres: um caso de amor!

Sapatos

Em primeiro lugar, os sapatos tinham a finalidade de proteger os pés, entretanto, ao longo das décadas isso mudou!

Certamente, o sapato se tornou uma paixão no universo feminino, ele pode ser:

  • clássico,
  • moderno,
  • futurístico ou
  • de grife como: o Christian Louboutin, praticamente o sonho de toda mulher!

História dos sapatos

Muitos atribuem aos egípcios a arte de curtir o couro e fabricar sapatos, mas as evidências são que, os sapatos foram criados no final do período Paleolítico.

Assim, existem evidências que o sapato começa a partir de 10 mil anos A.C.

Portanto, foram encontradas pinturas em cavernas na Espanha e no sul da França fazendo referência a sapatos.

Além disso, no antigo Egito as sandálias eram feitas de palhas, papiros ou fibra de paineiras.

Certamente, era comum as pessoas andarem descalças, carregando as sandálias e usando apenas quando necessário.

Além disso, sabe-se que, apenas os nobres possuíam sandálias.

Assim, na mesopotâmia eram comuns sapatos de couro cru, amarrados por tiras do mesmo material, além disso, os coturnos eram símbolos de posição social.

Na Grécia antiga os gregos chegaram a lançar moda com modelos diferentes para os pés direito e esquerdo.

Da mesma forma, na Roma antiga, o calçado indicava a classe social, os cônsules usavam sapatos brancos, os senadores marrom e os presos quatro fitas pretas de couro atada com dois nós.

Mas, por volta do século XX, começaram a surgir máquinas para auxiliar a fabricação dos calçados.

A partir da quarta década do seculo XX, as mudanças começaram a acontecer na indústria calçadista, como a troca do couro pela borracha e materiais sintéticos.

Entretanto, atualmente algumas marcas de sapatos se constituem e deixam de ser apenas proteção para os pés.

Até a década de 1920 era comum o uso de sapatos juntos com as roupas de praia, no lazer feminino.

Sapatos no Brasil

Era utilizado somente como proteção dos pés.

Mas, com a chegada da corte portuguesa ao Brasil em 1808, o comércio sofreu um incremento com os costumes europeus.

Assim, os sapatos começaram a fazer parte da moda na época.

Entretanto, os escravos eram proibidos de usar, mas quando conseguiam a liberdade compravam um par de sapatos como símbolo da nova condição.

Na maioria das vezes eles não conseguiam usar e se tornava objeto de decoração e prestígio.

Depois disso, nas décadas de 1910 e 1920, o modelo de sapato feminino mais usado no Brasil era a botina, evitando os pés expostos mesmo que os vestidos já tivessem subido o comprimento.

No pós-guerra houve uma mudança muito grande na maneira de vestir e calçar a mulher, que passou a sair as ruas, praticar esportes e cuidar do corpo, sendo o tênis inventado.

Curiosidades

Apesar de não haver indícios sobre quem inventou o salto alto, começou a ser usado a partir de século 17.

Na corte do Rei Luis XIV (1643-1715) da França, que abusava do luxo, das perucas e dos sapatos de saltos.

Na década de 1970 em Saturday Night Fever, o personagem de John Travolta, usou um sapato de salto cubano na sequência de uma abertura do filme.

Além disso, o cantor Prince é conhecido por usar sapatos de saltos e também, Elton John.

Mas, dificilmente uma mulher resiste a um novo par de sapatos, algumas dizem que sentem o coração bater mais forte quando encontram um novo modelo em uma vitrine.

Além disso, outras afirmam que gostam mais de comprar sapatos do que roupas e acessórios.

Certamente, a sensação de comprar um novo par de sapato é a melhor do mundo.

Há quem diga também que, o modelo certo pode deixar a mulher sexy e empoderada.

Ou seja, são tantos argumentos para adiquirir um novo par de sapato que eu poderia passar o dia todo aqui escrevendo.

Por esse motivo já foi feito até pesquisa sobre o assunto.

Segundo pesquisadores, comprar sapatos causa um efeito antidepressivo sobre as mulheres.

Além de todos os benefícios, trás felicidade e bem estar e elimina a ansiedade, mas um bom motivo para compra sapatos, desde que isso não interfira nas suas finanças.

Mas, em contra partida também existe uma pesquisa na Universidade de Kansas, que diz que os sapatos definem sua personalidade.

Resumindo, de qualquer forma:

  • aberto,
  • fechado,
  • de salto alto,
  • baixo ou
  • colorido.

Essa paixão por sapatos que nós mulheres temos, já vem de longas décadas e a tendência é continuar.

Afinal, amamos mesmo sapatos!

Leia também: Biotipo: Você sabe qual é o seu tipo físico?

Siga nossa Fanpage e receba conteúdos diariamente: Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui