PET
Happy Boston Terrier Dog Close-Up on White Background

PET: O amor dos brasileiros.

Mais importante, o Brasil é o terceiro país do mundo com mais pet.

Assim, os brasileiros tratam os pets como membros da família, esse comportamento tão humanizado envolve:

  • cardápios elaborados,
  • passeios e atividade especificas,
  • salões de beleza e
  • adestradores.

Certamente, esse comportamento gera negócios de bilhões.

Como resultado, segundo pesquisas, os tutores gastam em média R$ 294,00 por mês com seus Pets, sendo R$ 121,00 em rações.

Além disso, 8,7% das pessoas também gastam com planos de saúde para seus pets, de acordo com uma nova pesquisa da VCA SOLUTIONS.

Mas, é verdade que ter um cãozinho faz muito bem ao ser humano, a prova disso é que já existem terapias assistidas com animais em asilos, hospitais e pet day nas empresas.

O que é Pet Day?

PET

Algumas empresas proporcionam o Pet Day, visualizando a saúde e qualidade de vida de de seus colaboradores, já que isso influencia diretamente na motivação e produtividade.

Assim, o Pet Day é um dia reservado pela empresa para que seus colaboradores possam levar seus bichinhos de estimação para o local de trabalho.

O propósito de tornar o ambiente de trabalho mais agradável, fazendo com que os funcionários se sintam em casa.

Já pensou?

Ter a tranquilidade de entre um reunião e outra poder fazer um carinho no seu bichinho sem se preocupar dele estar sozinho em casa e no final do dia voltarem juntos.

Pesquisas sobre os PETS

Assim, em 2015 foi feito um experimento e foi descoberto que os animais liberam o mesmo hormônio do amor usado em seres em humanos para criar laços.

Resumindo, os especialistas ficaram impressionados com os níveis de ocitocina liberados pelos animais.

O professor Paul Zak da Claremont Graduate Universidade, da Califórnia.

Ele fez testes para medir os níveis de oxitocina, hormônio da felicidade, liberado quando os animais interagiram com seres humanos.

“Os resultados foram impressionantes”, disse Paul Zak ao jornal DAILY MAIL.

Entretanto, essa relação de amor e companheirismo entre o homem e os cães, já tem pelo menos 14 mil anos.

Mas, em relação a ciência, as pesquisas só começaram na década de 90, a complexidade do animal conquistou os pesquisadores.

Mas, hoje há um grande número de estudos e pesquisas, no Google acadêmico você encontra 14.000 milhões de artigos com a palavra dog.

Resumindo, a verdade é que quem é apaixonado por pet, sabe que independente de pesquisas eles fazem a diferença em nossas vidas.

Como é gostoso chegar em casa e ter aquela recepção calorosa que só um cãozinho sabe dar.

Leia também: Frutas e seus benefícios: confira!

Siga nossa Fanpage e receba conteúdos diariamente: Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui