Moda e Sustentabilidade uma reflexão necessária!

Moda e Sustentabilidade, hoje vamos falar um pouco sobre moda e principalmente sustentabilidade.

Moda e Sustentabilidade

Vamos começar contando a história da inglesa Emma Male gerente de contas que pagou no seu vestido de casamento R$2.511,58, achou bem caro para usar uma única vez, então teve a ideia de fazer algumas mudanças.

Foi o seu primeiro vestido de grife, “quando experimentei apaixonei”, mas como customizar um vestido de noiva?

Foi quando ela viu um corante verde e ficou encantada com a cor, chamou a sua prima Katie para ajuda-la.

Assim, com toda a coragem, ela cortou o vestido deixando em um modelo midi e o tingiu.

Resumindo, o trabalho ficou tão incrível que ninguém reconheceu, nem mesmo seu próprio marido, mas claro que Emma contou a ele que ficou muito surpreso com a criatividade da mulher.

Certamente, como esse exemplo, o mundo da moda vive um novo momento aonde as pessoas estão consumindo com mais consciência, reaproveitando as peças, repetindo os looks.

Mas, não estamos falando dos meros mortais aqui, mas até de algumas celebridades de peso que já estão praticando moda consciente.

Por exemplo a Kate Middleton, a duquesa com certeza aproveita 100% do seu guarda- roupa, faz isso com muita naturalidade e elegância e ainda lança tendências sempre antenada.

Ela customizou um vestido de ninguém menos que Alexandre Mcqueen da coleção Resort, ela faz isso com frequência, afinal ela é bem resolvida no quesito moda e quando ela gosta usa mesmo, mas convenhamos, ela está certa né gente.

Afinal, qual é o problema em usar a mesma peça, repetir e customizar roupa?

Leia também: Moda: Tendências para 2019

Certamente, é uma atitude muito chic e inteligente!

Outro exemplo é a Regina Casé, ela também não tem problema nenhum em repetir seus looks, ela usou o mesmo vestido em ocasiões diferentes.

O vestido da marca Isolda foi usado no casamento do Thiaguinho e Fernanda Souza, no baile da amfAR e posteriormente no casamento do seu sobrinho.

Ela ainda fez um comentário bem pertinente: “os homens tem um terno só, mas a mulher tem que ter um vestido novo toda festa?”, esse comentário faz a gente pensar um pouco.

E ainda falando do casamento do Thiaguinho e Fernanda Souza a rainha do lacre Anita foi a esse evento usando um com um modelo poderoso longo preto da Versace, bem sexy, mas a peça fazia parte de uma linha italiana criada para uma loja de departamento.

Entretanto, os internautas não perdoaram e foi uma chuva de comentários nada agradáveis sobre a escolha da cantora Anita, que confirmou e disse que a escolha não tinha nada a haver com o preço e que comprou por que achou bonito.

Resumindo, estamos reavaliando a nosso consumo de moda mais atentos em questões ambientais como a água e o excesso de lixo que a industria de moda produz no mundo todo.

Certamente, isso faz a gente pensar e ficar aberto a novas possibilidades como:

  • customização,
  • fazer compras em bréchos,
  • trocar as peças com as amigas.

Assim, a moda esta mais democrática e sustentável

UMA CALÇA JEANS PODE GASTAR MAIS DE 5000 LITROS DE ÁGUA.

Calça jeans uma das peças mais versáteis do nosso guarda-roupa e comum na nossa rotina.

Somos tão apaixonados pelo jeans essa peça incrível, moderna, democrática e confortável, mas por trás de tantas qualidades o jeans esconde uma dura realidade no Brasil.

Produzir uma única peça jeans gasta aproximadamente 5196 mil litros de água desde o momento que o algodão é plantado até 5 anos depois.

Quando o consumidor se desfaz do produto essa quantidade poderia atender a necessidades de 47 pessoas segundo os cálculos da organização das nações unidas (ONU) o impacto ambiental é muito grande.

A indústria da moda é uma das mais poluentes do mundo segundo Claudio Bicudo CEO da H20 company, o jeans não é o o culpado dessa história triste mais sim usar água natural durante a produção textil.

Resumindo, moda e sustentabilidade, uma reflexão necessária!

Siga nossa Fanpage e receba conteúdos diariamente: Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui