Biotipo: Você sabe qual é o seu tipo físico?

Primeiro de tudo, quantas vezes você comprou uma roupa incrível numa loja?

Mas, aquela que a vendedora disse que ficou linda e te convenceu a compra, ignorando completamente o seu tipo físico e quando chegou em casa não conseguiu usar!

Ou até mesmo você já ignorou seu biotipo e comprou aquele look lindíssimo que você viu em uma vitrine e mais uma vez, não conseguiu usar!

Resumindo, não conhecer o seu biotipo pode levar você a um consumo nada consciente, acumulando várias peças em seu guarda-roupa, inclusive sapatos e acessórios sem utilidade.

Portanto, não conhecer o seu tipo físico pode atrapalhar sua vida em vários aspectos.

Por exemplo, se você não se sente bonita, confortável e bem vestida, isso pode deixar você com autoestima baixa e se achando feia, ou até mesmo deprimida.

Afinal, tudo que veste não fica bom e você começa achar que tem algum problema com seu corpo, quando na verdade você não está entendendo o seu corpo.

Mas, quando você conhece seu corpo, certamente vai fazer compras mais inteligentes!

Assim, não vai mais acumular peças sem utilidade e com isso você vai economizar.

Porque vamos ser sinceras, investir dinheiro em uma roupa que não vai ser usada é jogar dinheiro no lixo.

Mais importante, a agilidade na hora de se vestir, uma vez que você conhece seu corpo e compra só as peças que te favorecem, certamente vai ser muito mais fácil se vestir para qualquer situação como:

  • trabalho,
  • festas,
  • churrasco com os amigos ou
  • um chopinho no final da tarde.

Assim, com certeza a vida fica mais leve quando se vestir não é uma tortura ou sacrifício, portanto se conhecer é fundamental.

Agora, vou dar algumas dicas para cada biotipo.

Ampulheta

biotipo

Biotipo Ampulheta: seu ponto forte é a cintura fina ombros e quadril, tem a mesma proporção.

Assim, quase sempre para valorizar essa silhueta devemos manter as medidas em harmonia marcando a cintura.

Biotipo Ampulheta ou X: O que usar?

A cintura fina é um ponto forte, ombros e quadril são alinhados, quase as mesmas medidas e para valorizar essa silhueta é importante manter as medidas em harmonia evidenciando a cintura.

  • Portanto, decote que mostrem o colo pode ter detalhes!
  • Além disso, modelos que destacam a cintura e transpassado.
  • Assim, estampas, textura e tecidos com movimento, jaquetas e blazer acinturado e modelos com cintura média.
  • Mas, se o quadril for arredondado ou com muito volume no bumbum, calças longas com salto.
  • Bermudas retas de alfaiataria e shorts mais compridos.
  • Saias lápis, retas, em viés ou evasês curtas ou midi.
  • No entanto, nos pés sempre um pouco de salto e bicos mais finos.

Biotipo Triângulo ou A: O que usar?

biotipo

Nesta silhueta o quadril é maior, mais aparente, enquanto ombros e costas são mais estreitas.

Portanto peças que diminuam o quadril e valorizem a parte superior do corpo é o segredo para a harmonização.

Mas, cuidado ao marcar a cintura para não pesar ainda mais o quadril visualmente.

  • Certamente, decotes e detalhes horizontais na linha dos ombro, em V ou oval vão deixar seu corpo incrível.
  • Cores claras e chamativas ou estampas.
  • Cuidado ao criar contraste na entre a parte superior e inferior do corpo.
  • Modelos com texturas, bordados, brilhos, franzidos e drapeados na região do colo e do seio.
  • Mangas com curtas com volume ou detalhes.
  • Sobreposições de blusas.
  • Jaquetas e blazers acinturados e curtos, lapela mais largas e abotoamento clean.
  • Tecidos com movimentos.
  • Sais evasês em tecidos fluidos e levemente fluido e encorpado, rodadas.
  • Vestidos de cinturas altas ou com recortes abaixo do busto, evasês, transpassados ou saias em A.
  • Calças retas poucos detalhes na cintura, que pode ser levemente baixa.
  • Calças com bolsos traseiros pequenos e posicionados de forma de forma alta.
  • Bermudas retas e soltas, usadas na altura dos joelhos.
  • Bolsas de alças cutas.
  • Sapatos com bicos finos.
  • Mais importante, coordenar a cor dos sapatos com a saia ou calças.

Biotipo Triângulo Invertido ou Y: O que usar?

Biotipo

Os ombros são mais largos que os quadris e geralmente as pernas são mais finas.

Assim, o objetivo aqui é minimizar visualmente a parte mais pesada (ombros seios e costas), usando cores ou tons mais escuros, neutros e acrescentar volume a parte inferior do corpo abusando das cores e tons mais claros, vivos e chamativos.

  • Também fica reservado a parte de baixo toda sorte de babados, bolsos, recortes, estampas, aplicações e texturas.
  • Decotes V ou U mais estreitos e profundos.
  • Peças lisas e sem textura em tecidos com movimentos maleável e fluido na parte de cima.
  • Blusas usadas pra fora da calças ou saia.
  • Modelos com mangas soltas e caídas ou com punhos abertos.
  • Abotoamentos simples.
  • Lapela mais estreitas e longas.
  • Mini trench coats.
  • Modelos mais alongados.
  • Calças com barras mais amplas.
  • Tecidos mais encorpados.
  • Detalhes no quadril.
  • Jeans com lavagem clara nas cochas ou bigodes no quadril.
  • Shorts curto, de cortes cheios nas coxas.
  • Bermudas mais soltas.
  • Sais evasês, rodadas, retas ou lápis.
  • Cores chamativas e estampas de tamanho médio na parte de baixo.
  • Vestidos transpassados de cintura baixa.
  • Vestidos frente única com faixas amarradas ao redor do pescoço.
  • Comprimento na linha dos joelhos (um pouco acima ou logo abaixo).
  • Bolsas com alças longas.
  • Sapatos interessantes com bicos finos ou peep toes.

Biotipo Retângulo ou H: O que usar?

Os ombros, quadris e cintura são praticamente alinhados causando uma impressão de corpo reto e sem curvas.

Portanto, para essa silhueta temos que criar uma ilusão de um corpo mais curvilíneo chamando a atenção para os ombros, assim valorizando o quadril e as partes mais finas da silhueta (geralmente pernas, braços e pescoço).

  • Decotes em V ou assimétrico.
  • Tecidos fluídos.
  • Túnicas e batas.
  • Detalhes nos ombros e mangas.
  • Poucos ou nenhum contraste de cores entre a parte de superior e a inferior do corpo.
  • Estampas no sentido vertical.
  • Blazers com 1 botão ou que comecem a abotoar abaixo do busto.
  • Modelos com pences para criar a ideia de cintura.
  • Peças levemente acinturadas.
  • Trench-coats.
  • Modelos sem cós ou com cinturas levemente baixa.
  • Modelos com pernas retas ou sequinhas.
  • Sais são uma ótima opção para esse tipo físico.
  • Tecidos fluidos.
  • Soltas como as evasê e em viés.
  • Vestidos transpassados.
  • Vestidos com recortes sob o busto.
  • Bolsas com alças longas.
  • Sapatos de bicos mais profundos.

Biotipo Oval: O que usar?

Biotipo

Geralmente acima do peso, ideal para a altura, com pescoço consequentemente curto busto, barriga, cintura e quadril volumosos.

Portanto, explorar as pernas, chamar a atenção para o torso através de decotes, tentar estender os ombros e diminuir os quadris para alongar a silhueta.

Peças lisas sem muita textura, monocromáticas e cores diferentes tonalidades próxima ou cores igual em tonalidade ajudam a criar esta ilusão de óticas.

Assim como caimento que acompanhem a silhueta, estampas neutras, discretas e verticais.

  • Decote V e U tecidos fluidos.
  • Camisas com mangas 3\4.
  • Camisas mais longas que ultrapassem a linha da cintura.
  • Blazers ou tricos abertos mais longos.
  • Blusas com modelagem soltas.
  • Vestidos com detalhes ou estampas verticais vestidos monocromáticos vestidos levimente rodados, com mangas até os cotovelos.
  • Sais retas com listras verticais ou diagonais.
  • Saias monocromáticas.
  • Calças com cintura no lugar, retas, soltinhas bermudas com com cinturas no lugar, retas e soltinhas.
  • Sapatos de salto grosso sandálias que deixam o peito do pés descobertos.

Leia Também: Jeans: A história do queridinho da moda!

Siga nossa Fanpage e receba conteúdos diariamente: Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui